sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

EXPOSIÇÃO PORTAS E JANELAS - CURITIBA

                      Marbô-Bakery
            Exposição Coletiva “Entre Portas e Janelas”
Resultado de imagem para marbo bakery

Portas e Janelas, itens indispensáveis na arquitetura, que limitam espaços, nos protegem dos sentidos e paradoxalmente nos expõe a eles abrindo vértices e escancarando novas realidades e possibilidades.

O universo tridimensional proporcionado por estes acessórios da construção civil servem como suportes para os artistas representarem suas ideologias, percepção artística, filosofia de vida e contexto em que estão inseridos.

A mostra coletiva idealizada pelo artista e designer Oswaldo Fontoura Dias, possibilita estas novas percepções sobre este vão “Entre Portas e Janelas” na visão criativa do artista.

Oswaldo Fontoura Dias idealizador da Mostra

“A intenção é justamente fazer uma reflexão sobre a utilidade destes suportes, que transcendem o uso cotidiano e transformam-se em objetos/obras de arte. Esta interferência segue além de um fim decorativo e alcança o conceito atribuído pelo artista durante a execução de seu trabalho.

 Através da diversidade da expressão artística presente, um universo tridimensional carregado de significados, nasce”, comenta o coordenador da mostra, Oswaldo Fontoura Dias.

Artistas participantes: 
Ana Lectícia Mansur, Carla Schwab, Celso Parubocz, Eloir Jr., Felipe Sekula, Katia Velo, Kézia Talisin, Marcio Prodocimo, Oswaldo Fontoura Dias e Waltraud Sekula.

Agradeço aos Amigos Eloir Junior e Katia Vello que estão sempre divulgando a Arte e seus Eventos.

Serviço:
Exposição: “Entre Portas e Janelas”
Local: Marbô-Bakery, residência Belotti
Visitação: 12/12/2017 a 04/02/2018
Momento com os artistas: 13/12 das 19h30 às 22h
Endereço: Rua Dr. Faivre, 621 – Centro - Curitiba-PR
Classificação Livre
41 3121-1547

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

CERIMÔNIA DE POSSE DA APAP/PR

Recebendo matéria para divulgação sobre a Posse da nova Diretoria da APAP/Pr da Diretora de Comunicação Katia Vello.

A associação criada em 1983 possui uma trajetória de relevância no cenário artístico e cultural no Paraná

Logomarca: APAP/PR
A Associação Profissional dos Artistas Plásticos do Paraná –APAP/PR, com o apoio do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná – TRE-PR, realiza dia 06 de dezembro, às 18h30, a cerimônia de posse da nova diretoria, biênio 2016/2018 (Chapa Arte / Consequência).  A associação foi criada em 21 de maio de 1983 com a finalidade de promover a arte, a cultura, a defesa e a conservação do patrimônio estético, histórico e artístico e, principalmente para apoiar, coordenar e proteger a prática profissional dos artistas visuais em suas mais amplas e variadas manifestações.
A APAP/PR é uma das primeiras e únicas entidades do gênero no Brasil.  Nestes 34 anos de atuação, a associação já contou com a participação de mais de 1000 artistas, muitas deles reconhecidos nacional e internacionalmente. Atualmente, a associação conta com 160 artistas ativos. Foram criados núcleos como o de pintura, fotografia, escultura e moda que são independentes, possibilitando autonomia e dinamismo.
A APAP/PR possui uma sólida e relevante atuação representada por várias ações, entre elas, um incontável número de exposições, realizações de palestras e workshops, Salões de Arte, representações em comissões, júris e organizações relacionadas à arte como Mecenato, Lei de Incentivo à Cultura, Conselho Municipal de Cultura, Fundo Municipal de Cultura, Conferências Municipais, Estaduais e Federais. Neste mesmo dia acontecem dois outros importantes eventos. O primeiro é o lançamento do importante livro documental  “Muros Visuais de Curitiba”, o qual foi concebido através do projeto que visa recuperar os muros degradados da cidade através da colagens de imagens de obras de arte, onde participaram de mais de 100 artistas associados. O segundo, é o desfile de moda autoral paranaense que será realizado pelo recém formado núcleo de moda da entidade.
POSSE:
​Presidente, Luiz Gustavo Vardânega Vidal Pinto, vice-presidente, Sabine Feres Staniscia Koprik, diretora administrativa, Ilka de Almeida Passos, vice  Lecco Coelho,  diretor cultural, Aurélio Câncio Peluso,  vice Giovana Hultmann Pereira, diretora de comunicação, Katia Godoi Velo, vice Thais Coelho, diretora de jornalismo Bebel Ritzmann, diretor jurídico, Marcelo Miguel Conrado, vice Maria Miriam Martins Curi, diretor de produção artística, Cristian Burmeister  Schönhofen, vice Magali Tieppo Robaina,   diretora de marketing e projetos, Robia Rodrigues Ribeirovice  Francisco de Assis Borges, diretor de informática, Maria Alice Martins de Souza Varajão, vice Isaac Kassiano Moraes, diretor de relações públicas, Osmar Carboni, vice César Paes Leme, diretor financeiro, Carolina Maria Machado Nascimento, vice Ana Maria da Rocha, 1ª. Secretária Waltraude Sekula e 2ª. Ana Isis Ribas Vendramel, diretor de núcleo de pintura, Celia Regina Carvalho de Figueiredo, vice Ana Marcia de Oliveira, diretor de Núcleo de Fotografia, Lucia Paula Cordeiro Barros Biscaia, vice Maria Tereza Coelho Guimarães, diretor núcleo sscultura, Leopoldino de Abreu Bisneto, vice Lourenço Duarte de Souza, diretor Núcleo de Moda, Carmen Iris Parellada Nicolodi, vice Marcia Caldas Vellozo Machado, conselho consultor deliberativo, Afonso Luis Bianchi VivernMaria Cecilia de Noronha e Ney Tadeu Araújo Machado, conselho fiscal, Lecco Coelho e Luiz Ernesto Meyer Pereira.
Local: TRE-PR – Tribunal Regional Eleitoral do Paraná
Endereço: Rua João Parolin, 224 – Prado Velho, Curitiba/PR.
Data: 06 de dezembro de 2017.
Horário: 18h30
Serviço:
Associação Profissional de Artistas Plásticos do Paraná -APAP/PR
Av. Jaime Reis, s/n- Arcadas de São Francisco
Curitiba/PR
Tel.: (41) 3232-0408
www.apap.com.br
e-mail: apap@apap.com.br
Apoio:
Prefeitura Municipal de Curitiba
Instituto Municipal de Turismo
Fundação Cultural de Curitiba
TRE-PR – Tribunal Regional Eleitoral do Paraná

domingo, 26 de novembro de 2017

FAZER ARTE NÃO TEM IDADE parte 2

E aconteceu hoje a tarde (26?11/2017) a confraternização com os Idosos do Asilo São Vicente de Paulo que participam do Projeto Fazer Arte não tem Idade e estão com algumas de suas telas na Exposição que acontece até dia 30 de novembro no Espaço Cultural da Câmara.














terça-feira, 14 de novembro de 2017

FAZER ARTE NÃO TEM IDADE.

O Espaço Cultural da Câmara Municipal acaba de receber mais uma linda exposição.



Desta vez são trabalhos dos Idosos do Asilo São Vicente de Paula de Ponta Grossa que participam do Projeto "Fazer Arte não tem Idade" realizado pelo CREArte - Centro de Referência e Ensino de Arte com orientação do Artista Celso Parubocz. Trata-se de um projeto social com apoio do Rotary Clube Ponta Grossa Alagados.



As "orientações" acontecem uma vez por semana na parte da tarde e os Idosos são convidados para pintar nas telas o que quiserem, cada um com suas dificuldades, alguns com avançado estado de mobilidade mental e física, o que não deixa de ser uma forma descontraída de fisioterapia.



Celso apresenta o material, as possibilidades de pintar, colocando suas memórias ou apenas para "passarem o tempo" em horas agradáveis com as cores das tintas e pincéis.





O Projeto que já tem duração de mais de 1 ano já realizou uma exposição no Salão do Asilo, ano passado, esta é a segunda exposição e para valorização dos seus trabalhos acontece no Espaço da Câmara Municipal onde acontecerá dia 26 de novembro a partir das 14 horas uma confraternização com a presença dos nossos queridos "Artistas". 


As telas serão vendidas por valores simbólicos R$ 50,00 sem moldura e R$ 90,00 com moldura e esta renda será revertida para compra de materiais para a continuação do projeto.




O carinho com que o orientador é recebido por Eles e a sensível melhora de alguns casos que estavam desanimados com o resto de suas Vidas levou Celso a fazer em Curitiba, mais uma Pós graduação, desta vez em Arteterapia para ter um pouco mais de teoria nesta prática e poder desenvolver ainda melhor este trabalho, mesmo sendo voluntário. 




Celso além deste projeto voluntário, desenvolve outros com CRAS e Escolas Municipais e Estaduais sempre de forma gratuita para incentivar novos "artistas" e o conhecimento e respeito da Arte e toda sua História.



A Exposição ficará aberta até dia 30 de novembro e a entrada é gratuita no Espaço Cultural da Câmara Municipal, Avenida Visconde de Taunay 880, Ponta Grossa.

Resultado de imagem para câmara municipal de ponta grossa




segunda-feira, 13 de novembro de 2017

SALÃO DE ARTES DE CASCAVEL

A 20ª Mostra Cascavelense de Artes Plásticas acontece no MAC Museu de Artes de Cascavel. 

Os trabalhos inscritos foram avaliados pela Comissão Avaliadora composta por Marcos Coga, membro indicado pela Secretaria de Estado da Cultura do Paraná, que é artista plástico e músico, por Luiz Lavelle Filho também indicado pela Secretaria de Estado da Cultura do Paraná e pelo artista plástico cascavelense Luiz Carlos Brugnera, indicado pela Secretaria Municipal de Cultura.

As inscrições ocorreram de 13 de setembro a 13 de outubro, a seleção ocorreu entre os dias 17 e 18 de outubro e a abertura foi dia 10 de novembro de 2017 às 20 horas no Museu de Arte de Cascavel (MAC) e o encerramento será 23 de fevereiro de 2018.

DSC_2876.JPG




Autoridades e Artistas participando da abertura da Mostra no MAC.


ARTISTAS PARTICIPANTES DA MOSTRA.










SOLAR DO ROSÁRIO abre duas novas Exposições neste domingo

Neste domingo dia 19 às 11 horas acontece a abertura de mais duas Exposições: Uma "SUBSTÂNCIAS" da aquarelista ANA MÜLLER que apresenta sua mais recente produção e quem assina a Curadoria é Edilson Viriato.

Resultado de imagem para aquarelista ANA MÜLLER



Ana Müller nasceu em Curitiba-PR, onde vive e trabalha.
Graduada pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná nos cursos; Superior em Pintura, Licenciatura em Desenho e pós-graduada em Museologia e História da Arte Moderna e Contemporânea.
Em sua formação buscou continuamente aprimorar a técnica do desenho e da aquarela onde fez cursos de extensão em Ilustração Médica – PUC e Ilustração Botânica – CIBP, Teoria e Prática da Cor – Ciência, História e Arte, na Escola de Musica e Belas Artes do Paraná – EMBAP.
Participa do CACEV – Centro de Arte Contemporânea Edilson Viriato desde 2008.
Em sua atuação profissional destacam-se; Assistente de Arte – DAAZ Comunicações Visuais Ltda. – 1989/1991; Comunicação Visual – Free Lancer – 1992/1995; Ilustração – Free Lancer – Jornal Gazeta do Povo (Caderno Viver Bem) – 1997; Ilustração Médica – 1999/2004; Professora/Orientadora aula de Pintura e Aquarela: Clube Duque de Caxias – início 2005/2010;
Museu Alfredo Andersen – 2007/2009; Solar do Rosário – início 2009; De Maryno Atelier de Artes – início 2010.
Participou de diversas exposições nacionais e internacionais, curadora de várias exposições de aquarela; é artista integrante do Grupo Acqua e do Grupo de Arte 725.
No mesmo dia e local abre a Exposição MÚLTIPLOS com aquarelas dos Alunos da Oficina de Aquarela do Solar do Rosário, quem assina a Curadoria é Ana Müller.

Serviço:
Local: Solar do Rosário
Rua Duque de Caxias, 04 - São Francisco, Curitiba - PR, 80510-200
Telefone(41) 3225-6232
Público: Livre
Entrada: Franca
O Solar do Rosário era a residência da família Paula França, nos anos de 1890. Paula França foi prefeito de Curitiba, presidente da Câmara Municipal e proprietário da fábrica de Cerâmica das Mercês.
Até 1988, o Solar foi sede do Instituto Goethe do Paraná. Foi restaurado em 1992, passando a abrigar um centro de arte e cultura. Possui galeria de arte, antiquário, café colonial, restaurante, jardim de esculturas e cursos na área de artes e cultura. O nome se deve ao fato de ficar junto da igreja do Rosário. Atualmente pertence a Família Casillo

GRUPO DE ARTE 725
Ateliê de Arte Edilson Viriato
Rua Lamenha Lins, 725, Rebouças, Curitiba, PR

Tramas e Rendas de Carla Schwab no La Rauxa Cafè i Bistrot em Curitiba.

La Rauxa Cafè i Bistrot recebe a exposição 

“Tramas e Rendas” de Carla Schwab


O temático e elegante La Rauxa Cafè i Bistrot no Ahú em Curitiba-PR, inaugurou a exposição individual “Tramas e Rendas” da artista visual Carla Schwab.


Com curadoria de Eloir Jr., a mostra apresenta a atemporal produção da artista, na técnica mista sobre tela PET e estará em cartaz até Janeiro de 2018.

 

Sobre a exposição:Do manuseio milenar nos antigos teares, a renda encontra suas tramas, forma desenhos e símbolos e flui atravessando oceanos e aproximando pessoas. Torna-se apátrida, pois podem ser francesas, portuguesas, italianas, eslavas, asiáticas entre outras, e chega a América Latina na forma das tradicionais rendas circulares em nhanduti.

De forma contemporânea e com teor sustentável, a artista Carla Schwab se inspira em suas lembranças, vivências e nas rendas executadas por sua mãe e avó, e cria sua atemporal série “Tramas e Rendas”, ocupando bidimensionais sob um pantone multicolorido. A construção de suas obras figuram entre os filtros de café usados, revistas usadas, tecidos e tintas acrílicas sobre tela da reciclagem de garrafas PET, que interagem sobrepostos e harmoniosamente com o fundo, ora em primeiro plano, ora em meros vestígios visuais de suas rendas unidas por arabescos. Desta forma, pode-se citar que a artista utiliza o pincel como se fosse uma agulha de crochê.
 

O descarte urbano torna-se matéria prima, origina obras de arte, exterioriza a preocupação da artista com o bem estar do meio ambiente e conscientiza à ação social de cidadania.


Sobre a Artista:Carla Schwab nasceu em Pelotas-RS e vive em Curitiba-PR. É Artista Visual graduada pela UFPel-RS e Professora de Artes em estudos de materiais e técnicas de pintura. Sua série “Tramas e Rendas” é uma produção atemporal, premiada, com participações em edições da Casa Cor pelo Brasil, Carrousel Du Louvre em Paris, entre outras. Inclui-se em sua produção a impressão sobre canvas, painéis em vidro e aquarelas sustentáveis.
 

Serviço:
Exposição “Tramas e Rendas” de Carla Schwab
Local: La Rauxa Cafè i Bistrot
Visitação: 09/11/2017 a 09/01/2018
Das 11h às 19h
Endereço: Rua Eurípedes Garcez do Nascimento, 906 – Ahú
Curitiba-PR

Telefone: 41 3049-6972

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Academia Franco Brasileira homenageia Artista Ponta-grossense.


DIVINE ACADÉMIE FESTEJA NO RIO DE JANEIRO MAIS UM ANO DE VIDA.

Divine Académie des Arts Lettres et Culture festejara no dia 17 de Novembro de 2017 no Hotel Copacabana Palace.
Cerimônia Solene com outorgas das altas insígnias em noite de gala , com 80 altas personalidades das Artes, Ciências, Letras e Cultura do Brasil.
Noite coroada sob os auspícios da Paz Universal, da Liberdade, da Igualdade, da Fraternidade e da Solidariedade.
A Divine Académie deve ser reconhecida no mundo como uma organização voluntaria de homens livres e de boa vontade, respeitando e agindo com temperança, força, e sobretudo, justiça.
A Divine Académie e seus Laureados em todos os Graus Honoríficos desejam ser admirados e respeitados pela nobreza de nossos pensamentos, palavras e atos, sempre com lealdade, respeito, integridade e humildade. 
Somos uma Académie que tem um trabalho social de suma importância, que tem uma missão em honrar e reconhecer cada Membro dessa e de outras academias.
Temos o dever de glorificar o trabalho dos Grandes Humanistas e de honrar e reconhecer Mulheres e Homens de Valor.


Nas imagens abaixo podemos destacar algumas personalidades que já receberam suas Condecorações pela relevância de seu trabalho nos diversos segmentos da Cultura, Letras e Arte.



Este ano mais um Artista receberá a Medalha de Ouro pelo seu trabalho relevante em prol da Cultura e da Arte no Brasil, CELSO PARUBOCZ, o Artista também será condecorado com o Título de "Embaixador das Artes" tanto pela sua produção artística como pela divulgação da Arte e de outros talentosos Artistas de sua Cidade e Região, bem como seu trabalho voluntário com Crianças e Idosos junto a Entidades Sociais, Asilos, Escolas e demais Instituições onde o mesmo é convidado. 

Durante o evento será lançado o Catálogo "Celso Parubocz - 40 Anos de Arte" onde o Artista conta sua trajetória em diversos segmentos da Arte oportunizando assim aos convidados conhecerem um pouco mais de sua obra. 

O Livro com capa dura, imagens coloridas e material de ótima qualidade foi pensado para divulgação de suas obras e mostra diversas Séries que o Artista criou nas últimas décadas. 



Na França a Académie festejou seu aniversário em grande estilo nas dependências do Hôtel Four Seasons George V.


DIVINE ACADÉMIE FÊTE SES 22 ANS À PARIS 
La Divine Académie Française des Arts, Lettres et Culture de Paris, sous le haut commandement de sa Présidente Madame Diva Pavesi, de ses Vice-présidents d’Honneur et de ses Ambassadeurs du Brésil, du Maroc, de Belgique etdes États Unis de l'Amérique du Nord, ont la Joie de fêter les 22 ans de cette Institution Académique dans le luxueux palace parisien l'Hôtel Four Seasons George V, sur la célèbre Avenue George V.
Cette Académie occupe une place privilégiée dans la défense, l'encouragement et la promotion de la Culture Brésilienne en France, et de la Culture Française au Brésil, à travers les Arts, les Lettres et la Culture.
L'un de ses objectifs est de souligner, promouvoir et récompenser le travail des universitaires, scientifiques, écrivains, artistes, créateurs, promoteurs, producteurs, et talents émérites qui travaillent dans les domaines artistiques, littéraires, sociaux et culturels.
Divine Académie est reconnue en France, en Europe, au Brésil et dans les monde, pour la noblesse de ses projets sociaux, culturels, en plus de ses projets d'inclusion sociale grâce aux Arts et à la Culture. Surtout, elle est reconnue pour la promotion et les échanges artistiques et culturels, pela Culture de la Paix et da Solidarité entre les peuples.
Sa devise est Liberté, Égalité, Fraternité et Solidarité.

A imagem pode conter: área interna

CURRÍCULO DO ARTISTA CELSO PARUBOCZ.

FORMAÇÃO
       Licenciatura em Educação Física na Universidade Estadual de Ponta Grossa
Pós graduação Musculação Desportiva na Universidade Gama Filho Rio de Janeiro
Pós graduação Performance da Preparação Física na Universidade Gama Filho Rio de Janeiro
Extensão Universitária em História da Arte na Pontifícia Universidade Católica do Paraná,
Pós graduação em Poéticas Contemporâneas no Ensino da Arte na Universidade Tuiti do Paraná.
Pós graduação em Arteterapia pelo ITCNE Pr.
Orientação no Centro de Arte Contemporânea Edilson Viriato em Curitiba.

CURADORIAS
Espaço Cultural da Câmara Municipal de Ponta Grossa – 15 anos com mais de 120 exposições
Espaço Cultural da FAS Fundação de Ação Social de Ponta Grossa – 3 exposições
Espaço Cultural no Hall do Guaíra – 10 exposições
Espaço Cultural no CESCAGE Centro de Estudos Superiores dos Campos Gerais – 3 exposições
Espaço Cultural Galeria PETITE GALERIE – 10 exposições
Espaço Cultural dos Correios – 5 exposições.
Espaço Cultural no Departamento de Artes da Secretaria Municipal de Cultura – 10 exposições
Espaço Cultural da OAB – Ordem dos Advogados do Brasil em Ponta Grossa – 4 exposições
Espaço Cultural CREArte Centro de Referência e Ensino de Arte – 5 exposições
 Salão de Artes Unimed – 8 edições

PROJETOS REALIZADOS.
NAC – Núcleo avançado de Cultura – Fundação Cultural de Ponta Grossa.
Oficinas de Artes nas Entidades Sociais de Ponta Grossa.
Descobrindo Novos talentos – Apoio UNIMED PG e Secretaria Municipal de Educação.
Educando com Arte – Crianças do Pequeno Anjo no CREArte
Freguesia do Livro – Entrega de livros para leitura.
Fazer Arte não tem idade no Asilo São Vicente de Paula.
Arte para Todos no CREArte Vila Coronel Cláudio.

DESTAQUE PARA AS SEGUINTES EXPOSIÇÕES:
       “Comemoração 150 anos” do Museu Paranaense, Curitiba
 “Book Art Exhibition” no Solar do Barão, Curitiba
25 anos da Associação Profissional de Artistas do Paraná no Memorial de Curitiba
“A Arte do meio” no Espaço Franz Krajcberg, Curitiba
"22 Artistas Contemporâneos", na Estação Cabo Branco João Pessoa Paraíba
Coletiva da Associação Chico Lisboa no Museu de Artes do Rio Grande do Sul
Exposição Coletiva na Pinacoteca de Piracicaba, São Paulo
Exposição Coletiva Artista Atelier Edilson Viriato Museu de Arte de Blumenau, Santa Catarina.
Exposição “50 anos” do Centro Cultural Tao Sigulda São Paulo
Vancouver coletiva “Faces” International Exchange Canadá
Salon Nationalé de Beaux-Arts no Museu do Louvre Paris
Bienal Internacional de Arte Contemporânea,  Barcelona Espanha
Coletiva internacional de Arte Contemporânea, Casa Brasil, Madrid Espanha
Cuarta  Muestra Iberoamericana,  Espaço Cultural Graza Graci, San Pedro México.

DESTACAMOS OS SEGUINTES PRÊMIOS:
Instituto Duque de Caxias - Ponta Grossa - Paraná. "Mérito Cultural"
Fundação Cultural de Ponta Grossa – Paraná. “Mérito Cultural”
Secretária de Estado da Cultura, Mostra de Artes em Jaguariaíva - Paraná. "Menção Honrosa"
Secretaria de Estado da Cultura do Paraná, Mostra de Artes em Castro -. "Sala de Referência"
Prêmio Don Quixote – Área de artes, Rotary Club de Ponta Grossa – Paraná
Menção Honrosa do Rotary Club - Ponta Grossa – Paraná
Mostra Paranaense de Artes - Secretaria de Estado da Cultura - Paraná. Prêmio.
Médaille d'Argent, Société Academiqué D’Education et D’ Encouragement ‘Arts - Scienses - lettres’ - Paris
Menção Honrosa na Bienal Internacional de Arte Contemporânea, Barcelona Espanha.

OUTRAS INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES E RELEVANTES:
Participou da regulamentação da Lei de Incentivo à Cultura do Estado do Paraná.
Conselheiro no segmento de Artes Visuais da Secretaria de Estado da Cultura do Paraná.
Fundador do Fórum de Cultura do Paraná.
Assessor de Artes Visuais da Secretaria Municipal de Cultura de Ponta Grossa
Conselheiro do segmento de Artes Visuais da Secretaria Municipal de Cultura de Ponta Grossa.
Conselheiro do segmento de Cine foto Vídeo do Conselho Municipal de Políticas Públicas de Ponta Grossa.
Criou a Liga das Escolas de Samba de Ponta Grossa sendo seu primeiro Presidente.
Presidente do Centro Cultural Professor Faris Michaele.
Presidente da APAC – Associação Ponta-grossense de Artistas Contemporâneos.
Diretor Regional da APAP – Associação Profissional de Artistas Plásticos do Paraná.
Membro da Academia Ponta-grossense de Letras e Artes.


Proprietário do CREArte,
Centro de Referência e Ensino de Arte.

Galeria de Artes e Ateliê.

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

FAZER ARTE NÃO TEM IDADE.

A Vida continua, a idade chega, uns vão outros ficam... 
Até quando?
Nem todos tem a mesma sorte de estar amparado pela Família ou ter condições financeiras de ter profissionais a seu dispor 24 horas.
Quem sabe algumas horas fazendo Arte possa trazer bons momentos do que sobrou daquela memória afetiva ou quem sabe até relaxar da rotina que o dia a dia lhes impõe.







O Projeto "Fazer Arte Não Tem Idade" iniciou há 1 ano e mesmo e mesmo acontecendo 1 vez por semana já deu para sentir a melhora e a alegria de muitos Idosos que dele participaram. Não temos a preocupação de criar novos Artistas e muito menos de apresentar trabalhos "belos", o que fazemos é passar para as telas alguns símbolos, algumas cores e assim ver o tempo passar com mais alegria, tornar algumas horas mais agradáveis neste imenso vazio de dias e dias que ainda virão ou não, pois o futuro só a Deus pertence.




O apoio de Entidades como O Rotary Clube que fornece o tecido para as telas, tintas e alguns Amigos que estão sempre prontos para colaborar na hora de organizar a Exposição dos Trabalhos é fundamental para que o sucesso deste Projeto seja alcançado.

Nas passagens da maturidade, o processo de criação artístico é um excelente aliado. Neste Projeto “Fazer Arte não tem idade” não se trata de fazer o idoso produzir “obras de arte”, mas despertar o compromisso de cada um com o seu processo expressivo, ajudando a superar os medos e inseguranças, pois muito do que se perdeu pode ser revivido com a arte.



Através da liberação do seu potencial expressivo a arte colabora na prevenção e preservação da saúde física e mental, propiciando uma melhor qualidade de vida.
Podemos através da Arte estimular a criatividade do idoso, a valorização pessoal, ajudando o indivíduo a expressar seus sentimentos de forma não-verbal, ou seja, através da linguagem artística. Com isso os idosos conseguirão manter ativos os núcleos de vitalidade, comunicação e cooperação. A concentração e o movimento repetitivo da pintura podem ajudar na parte de fisioterapia estimulando a musculatura dos braços e mãos.
“A arte é uma forma de expressão do ser humano e como tal, uma forma de comunicação e de linguagem simbólica, é um produto da intuição e da observação, do inconsciente e do consciente, da emoção e do conhecimento, do talento e da técnica, da criatividade.”                 
                          Margarida M. J. de Carvalho



Podemos através da Arte estimular a criatividade do idoso, a valorização pessoal, ajudando o indivíduo a expressar seus sentimentos de forma não-verbal, ou seja, através da linguagem artística. Com isso os idosos conseguirão manter ativos os núcleos de vitalidade, comunicação e cooperação. A concentração e o movimento repetitivo da pintura podem ajudar na parte de fisioterapia estimulando a musculatura dos braços e mãos.
A criatividade teve início com os desenhos do homem pré-histórico nas paredes das cavernas. O homem com sua curiosidade e criatividade descobriu o fogo, a roda, o barco e muito mais como podemos ver hoje em dia.
Todos têm um potencial criativo, só que na maioria das vezes está adormecido, apagado, ou oprimido aguardando ser despertado para a sua energia vital ser retomada.






As diversas possibilidades de aprendizagem em grupo favorecem mudanças eficientes e rápidas, como:
·         ampliação da rede de sociabilidade;
·         melhoria da auto-estima;
·         reconhecer  e valorizar sua história de vida;
·         diminuição da timidez;
·         incentivo à cooperação;
·         auxiliar na comunicação;
·         criatividade e espontaneidade;
·         expressar sentimentos e emoções;
·         trabalhar com “a perda”.
Toda dinâmica de grupo deve proporcionar a seus componentes um ambiente agradável e seguro para que todos se sintam à vontade para expor sentimentos e assuntos pessoais.




Apesar de serem diversas as técnicas que podemos usar com os idosos percebemos que a pintura é bem aceita pela pouca complexidade operacional facilitando assim o trabalho.
Devemos ter a preocupação de adequar as técnicas aos comprometimentos clínicos naturais à Terceira Idade, como também, deixá-los bem à vontade no manuseio dos materiais para que não se sintam “obrigados” a utilizar algo que não os agrade. A arte precisa ser um processo que lhes transmita coisas boas, agradáveis e prazerosas.



A velhice não deve significar “envelhecimento” de atitudes e comportamentos e a Arte pode despertar nessa faixa etária a vontade de fazer, criar, superar problemas e, sobretudo “viver”…
Podem ser feitas muitas coisas para que o idoso possa ter condições de desfrutar de ótimos momentos. Pode-se proporcionar uma qualidade de vida das mais variadas, onde ele poderá ter alegria e prazer suficiente para se sentir produtivo, ativo, amparado, amado, e mais ainda, se sentir vivo.







































































Este Projeto acontece no Asilo São Vicente de Paulo em Ponta Grossa. É uma realização do CREArte – Centro de Referência e Ensino de Arte e recebe subsídios do Rotary Clube Ponta Grossa Alagados.
Caso tenha interesse em apoiar este Projeto entrar em contato com 42 99962 5952 Celso.