terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Exposição Portas e Janelas no Espaço Cultural da COPEL.

A Exposição Portas e Janelas pode ser vista a partir de hoje dia 20 de fevereiro no Espaço Cultural da COPEL.

Logo divulgação - Arte: Oswaldo Fontoura Dias


Portas eJanelas, itens indispensáveis na arquitetura, que limitam espaços, nos protegem dos sentidos e paradoxalmente nos expõe a eles abrindo vértices e escancarando novas realidades e possibilidades.




O universo tridimensional proporcionado por estes acessórios da construção civil servem como suportes para os artistas representarem suas ideologias, percepção artística, filosofia de vida e contexto em que estão inseridos.




A mostra coletiva idealizada pelo artista e designer Oswaldo Fontoura Dias, possibilita estas novas percepções sobre este vão “Entre Portas e Janelas” na visão criativa do artista.

Oswaldo Fontoura Dias idealizador da Mostra

“A intenção é justamente fazer uma reflexão sobre a utilidade destes suportes, que transcendem o uso cotidiano e transformam-se em objetos/obras de arte. Esta interferência segue além de um fim decorativo e alcança o conceito atribuído pelo artista durante a execução de seu trabalho.

 Através da diversidade da expressão artística presente, um universo tridimensional carregado de significados, nasce”, comenta o coordenador da mostra, Oswaldo Fontoura Dias.

Artistas participantes: 
Ana Lectícia Mansur, Carla Schwab, Celso Parubocz, Eloir Jr., Felipe Sekula, Katia Velo, Kézia Talisin, Marcio Prodocimo, Oswaldo Fontoura Dias e Waltraud Sekula.

Agradeço aos Amigos Eloir Junior e Katia Vello que estão sempre divulgando a Arte e seus Eventos.

Serviço:Exposição: “Entre Portas e Janelas”Local: Espaço Cultural da CopelVisitação: 20 / 02  até 31 / 03 de 2018De segunda a sexta-feira em horário comercialEndereço: Rua José Izidoro Biazetto, 158-bl. A Mossunguê Curitiba-PRTelefone: 41 3331-3000Entrada FrancaClassificação Livre



domingo, 11 de fevereiro de 2018

CARNAVAL DE RUA DE PONTA GROSSA 2018

Com ou sem apoio, tradição cultural é tradição e as Famílias que fazem o Carnaval de Rua acontecer há décadas tem o Samba correndo nas veias e não tem falta de verba, chuva, doença (Sim, pois já tivemos Presidentes de Escola de Samba organizando sua Escola em pleno tratamento de saúde). Isto mostra o Amor com esta tradição e mesmo hoje, um Presidente com o joelho estourado, outro meio desanimado e principalmente a falta de verba que ajuda nas despesas de transporte dos foliões, costureiras, aviamentos,e muitas despesas que uma Escola tem, Elas saíram e fizeram a festa para o Povo que foi assisti. 

A verba que já é uma vergonha comparada com o investimento de outras Cidades que nem tem uma tradição de Carnaval, mas são inteligentes suficiente para saber que o carnaval é uma ótima fonte de atrair Turistas e fazer correr o dinheiro nas Cidades onde levam a sério os festejos que para o Brasil. 


Para os Brasileiros que trabalham o ano todo e merecem sair alegres por ai e festejar a Vida, mas muitos aproveitam para arrecadar uma grana extra com a venda de produtos e todo produto que possa atrair os milhares de espectadores que vão para a Avenida ver o carnaval de Rua.


A placa na esquina da Fundação Cultural foi uma ótima ideia, mas de nada adianta o discurso lindo que ali está escrito, se não há Pessoas competentes que conhecem nossa História e deixam de investir na maior e mais antiga manifestação Cultural da Cidade.



Não teve gasto nenhum com divulgação e a Avenida estava CHEIA sim CHEIA, pois o Povo adora Carnaval e sabe que mesmo alguns meios de comunicação pagos ou mal informados para divulgar que não haveria Carnaval sabem que as Escolas saem pois a tradição é assim, não morreu nunca.

Este ano saíram três Escolas de Samba: Ases da Vila, Globo de Cristal e Cidade de Olarias, além da Fanfarra da Terceira Idade e da Mini Escola de Samba "Unidos na Alegria de Viver".


A movimentação de vendedores ambulantes e nas lanchonetes ao redor do terminal estava grande ajudando muitas Famílias que também precisam pagar suas contas, que não são poucas neste começo de ano.
O Carnaval é a maior festa do Mundo e quer queiram ou não não vai morrer tão cedo. Cidades onde existe Pessoas inteligentes na administração e precisam atrair Turistas para trazer verbas $$$$$$$ para seus cofres investem sim e muito, é so ver a Cidade de São Paulo que era morta no carnaval e em menos de uma década já se transformou o desfile de Carnaval num grande investimento, não vamos longe: Tibagi aqui do lado, o maior Carnaval do Interior, só numa noite de domingo, mais de 40 mil visitantes vão para lá e se cada um gastar R$ 10,00 Dez Reais a Cidade arrecada R$ 400 mil numa noite, ENTENDEU como o Carnaval rende. Hotéis, Pousadas, Lanchonetes, restaurantes, Guias Turísticos, Ambulantes, Lojas etc,etc Todos ganham com esta movimentação. Acho que dá para entender, não? E ainda trás alegria para o Povo e quem não gosta ainda tem muitas opções, simples assim...




Crianças fazendo a festa, este é os participantes do carnaval de Rua, Famílias, Crianças, gente do Bem.


Elegância da Porta Bandeira Mirim e do mestre Sala que aprendem desde pequeno os passos e detalhes de respeito a Bandeira da Escola. Para quem não sabe existe todo um "ballet" para desfilar na frente trazendo a bandeira símbolo da Escola.


Esta mãozinha segurando a Bandeira não é fácil manter durante todo o desfile, é preciso ter Amor a Escola e a Tradição ....


A Baiana mais idosa de nosso Carnaval, entra ano e sai ano e está lá Ela desfilando com suas Amigas e toda sua indumentária que pesa muitos quilos e só quem AMA a tradição é capaz de descer uma avenida inteira feliz e com a Alma lavada de manter a tradição e gradecer aos seus Orixás por mais uma no de Vida e de Celebração....


Meninos aprendendo os toques da Bateria e assim a Tradição segue firme. A Bateria tem vários toques, cada instrumento sua batida e o conjunto é como uma grande orquestra.


Avenida cheia, apesar de diminuírem o percurso este ano pela falta de recurso, mesmo assim o Povo estava animado.


Como estava desfilando com minha Mini Escola de samba "Unidos na Alegria de Viver" não pude fazer fotografias da Escola Cidade de Olarias e as minhas também, assim agradeço ao Fotografo Marcos Bastos pela cobertura do nosso carnaval que pode ser acessado com todas as fotografias no seu Blog EventosPG https://www.facebook.com/eventospg/ - Aqui algumas destas fotografias da Escola Cidade de Olarias e da Mini Escola de Samba Unidos na Alegria de Viver.

















O maior espetáculo da terra também tem um pedacinho aqui em Ponta Grossa e o Povo gosta, sai de suas casas com Sol ou Chuva e vai para a Avenida aplaudir as Escolas pois muitos que estão na platéia um dia já foram protagonistas desta festa....




Mais crianças desfilando e claro que terão em suas memórias boas lembranças de uma infância feliz.


A mais nova passista do carnaval e assim a tradição vai continuar....


O Público aplaude sempre a Baiana que tem mais anos desfilando na avenida.


A mais antiga Baiana e o mais novo Bloco da Cidade o Bloco da XV que este ano veio curtir o desfile na avenida junto com a Ases da Vila.























E assim nossos jovens vão aprendendo a tocar um instrumento, toda cadência do Samba e atradição não vai acabar não.





Logo conseguirei fotografias da Escola de Samba Cidade de Olarias que não consegui tirar pois estava desfilando com a Mini Escola de Samba Unidos na Alegria de Viver ....